Servidor Luis Ricardo Miranda depõe em inquérito sobre prevaricação de Bolsonaro

Renata Agostinida CNN

Ouvir notícia

 

O servidor da Saúde Luis Ricardo Miranda está depondo neste momento à Polícia Federal no inquérito que apura se o presidente Jair Bolsonaro cometeu prevaricação.

A informação foi confirmada à CNN pelo irmão dele, o deputado Luis Miranda (DEM-DF), e por uma fonte da PF.

O deputado também já foi chamado a depor no curso dessa investigação. Seu depoimento está agendado para a próxima terça-feira, 20, também em Brasília.

Os dois estiveram com Bolsonaro em 20 de março e relataram a ele o que entendiam ser indícios de irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin.

Com autorização do STF, a PF instaurou inquérito para saber se o presidente da República cometeu prevaricação, ou seja, recebeu a denúncia e não agiu.

Há dúvidas sobre se os irmãos guardam registro do encontro com Bolsonaro. Miranda nega que tenha gravado, mas em entrevista à CNN reforçou que não estava sozinho na reunião, lembrando da presença de seu irmão.

Irmãos Miranda
Chefe de importação do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, Luis Ricardo Miranda (E), e deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) (D)
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Mais Recentes da CNN