Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Silveira diz que passará a noite na Câmara para ver “onde vai a petulância” de Moraes

    Deputado bolsonarista afirmou que os parlamentares devem votar a medida cautelar do ministro em plenário

    Deputado federal Daniel Silveira, do União Brasil
    Deputado federal Daniel Silveira, do União Brasil Reprodução

    Gabriela Vinhalda CNN

    em Brasília

    Ouvir notícia

    O deputado federal Daniel Silveira (União-RJ) afirmou nesta terça-feira (29) que irá passar a noite no plenário da Câmara para ver “até onde vai a petulância” de Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou que a polícia fosse à Casa colocar tornozeleira eletrônica no parlamentar.

    Segundo Silveira, a decisão “rompe com os outros dois poderes, porque o plenário é inviolável”. “O deputado é soberano no plenário. Eu quero saber até onde ele vai, se ele quer dobrar essa aposta. Se ele quer mesmo, de fato, mostrar que ele manda nos outros Poderes”, desafiou Silveira.

    Após a ordem de Moraes, a Polícia Legislativa isolou a área próxima ao gabinete do deputado. Mas, logo em seguida, Silveira se encaminhou ao plenário da Câmara. Ele estava acompanhado de assessores e de parlamentares bolsonaristas que classificaram como “afronta à democracia” a determinação de Moraes.

    Questionado, Silveira disse que ainda não falou com o presidente da Câmara, Artur Lira (PP-AL), sobre o assunto e afirmou que conversaria “quando ele achar que é importante entender isso aqui”.

    Mais cedo, o deputado pediu que o plenário derrubasse a medida cautelar que determinou o uso do dispositivo eletrônico, porque “está ilegal, em desconformidade com a Constituição”. “A lei diz: tem que obrigatoriamente passar pela Casa legislativa em votação nominal e aberta”, afirmou.

    Preso em 16 de fevereiro do ano passado, Silveira ficou detido por sete meses após ter publicado um vídeo nas redes sociais com ataques a ministros da Corte, como a Moraes, por exemplo.

    Mais Recentes da CNN