Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    STF intima Bolsonaro e Janones para possível audiência de conciliação

    Conciliação seria referente à queixa-crime apresentada pelo ex-presidente contra o parlamentar por publicações em rede social

    Ex-presidente e deputado têm 20 dias para responder à Corte
    Ex-presidente e deputado têm 20 dias para responder à Corte José Paulo Lacerda/Estadão Conteúdo - 20.out.2010

    Mariana Albuquerqueda CNN

    Brasília

    A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), intimou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e o deputado André Janones (Avante-MG) nesta segunda-feira (8) para se manifestarem sobre o interesse em realizar uma audiência de conciliação.

    As partes têm 20 dias para responder à Corte. A intimação é referente a uma ação em que Janones é acusado de calúnia e injúria contra o antigo mandatário.

    O ex-presidente apresentou a queixa por causa de declarações feitas pelo deputado em seu perfil no X (antigo Twitter) como “o ‘capitão’ matou milhares na pandemia” e chamando Bolsonaro de “assassino”, “miliciano”, “ladrão de joias”, “ladrãozinho de joias” e “bandido fujão”, além de insinuar que o ex-presidente seria responsável pelo homicídio de milhares de pessoas na pandemia.

    As mensagens, sustentadas por Bolsonaro como “ofensivas à sua honra”, foram publicadas por Janones entre março e abril de 2023. As datas são referentes aos dias em que o ex-presidente foi prestar depoimento na Polícia Federal por suspeita de desvio de presentes.

    Em manifestação no processo, Janones afirmou que suas afirmações são genéricas e abstratas, sem a individualização da vítima, e protegidas pela imunidade parlamentar. O deputado não menciona expressamente o nome de Bolsonaro nas postagens.

    A possibilidade de uma audiência de conciliação surge a partir de uma proposta feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) em dezembro do ano passado.

    A CNN entrou em contato com o deputado Janones e com o ex-presidente Bolsonaro, mas até o momento da publicação, não obteve resposta.

    Tópicos

    Tópicos