Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Tarcísio recebe presidente do BC em jantar nesta segunda (10) no Palácio dos Bandeirantes

    Segundo o governador de São Paulo, o convite não tem cunho político e o encontro irá ocorrer porque os dois são amigos pessoais

    Tarcísio de Freitas, governador de São Paulo, participou de evento que oficializou a estação de metrô em Taboão da Serra
    Tarcísio de Freitas, governador de São Paulo, participou de evento que oficializou a estação de metrô em Taboão da Serra Diego Mendes

    Diego Mendesda CNN

    Taboão da Serra

    O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), confirmou, nesta segunda-feira (10), que irá oferecer um jantar para o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

    Segundo ele, o encontro está fora da agenda oficial e por isso não tem nenhum cunho político.

    “Tudo que a gente faz é envolto de especulações, mas Roberto Campos é meu amigo, ponto. É um cara que eu tenho profunda admiração, é um dos caras mais brilhantes que eu já conheci na minha vida”, elogiou o governador.

    Tarcísio contou que, desde que eles trabalhavam juntos no governo Bolsonaro e participavam de reuniões com os ministros, Campos Neto costumava a fazer análises de cenário e ele anotava tudo que o presidente da autarquia falava.

    “É uma bobagem você criar um estressamento de uma pessoa tão técnica, tão preparada. É um cara para você ouvir, para trazer para perto”, disse.

    Campos Neto irá receber uma homenagem nesta segunda-feira na Assembleia Legislativa de São Paulo, por isso, Tarcísio disse que iria então oferecer o jantar para o “seu amigo”, com pouca gente, com pessoas do seu convívio e que trabalharam com eles no governo anterior.

    “Vai ter o Bruno Bianco, que trabalhou comigo, o Fábio Faria [ex-ministro das Comunicações]. É uma coisa fechada, mais íntima, mais entre amigos mesmo. Ele [Roberto Campos Neto] é um cara que eu tenho admiração, que eu vou desejar muita sorte quando sair do governo e acho que ele prestou um grande trabalho para o Brasil”, ressaltou o governador.

    Tarcísio continuou com os elogios, dizendo que Campos Neto foi o melhor presidente do Banco Central e a pessoa que trouxe o Pix para o país, além de sober mexer na questão da taxa de juros.

    “No primeiro momento, ele manteve a taxa baixa, isso gerou poupança e a poupança transformou em consumo e isso permitiu a retomada rápida da economia. Depois, quando percebeu a pressão inflacionária, subiu rápido a taxa e o Brasil hoje, diferente de alguns países do mundo, é um país onde a inflação cedeu. Ele soube manobrar a política monetária, por isso ganhou, algumas vezes, o prêmio de melhor banqueiro central do mundo”, declarou.

    Finalizou dizendo que Campos Neto é uma pessoa que ele tem profunda admiração e, por isso, o jantar não tem nada a ver com política ou especulação para o futuro.

    “É uma oferta de amigo, uma pessoa que eu gosto de estar junto. Só isso”.