Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Tarcísio diz que uma hora o “glamour” de ser governador vai acabar

    Comentário foi feito em sessão na Alesp nesta segunda-feira (17)

    "Não me importa, não me interessa. Eu não me importo, em nenhum momento, em voltar para onde a gente veio", disse
    "Não me importa, não me interessa. Eu não me importo, em nenhum momento, em voltar para onde a gente veio", disse 14/06/2024 - Sergio Barzaghi/Governo do Estado de SP

    Do Estadão Conteúdo

    O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), voltou a diminuir nesta segunda-feira, (17), as especulações com relação ao seu futuro político. Em sessão na Assembleia Legislativa (Alesp) em homenagem a sua esposa, a primeira-dama Cristiane Freitas, o governador repetiu que “não se interessa” nas próximas eleições.

    “Não me importa, não me interessa. Eu não me importo, em nenhum momento, em voltar para onde a gente veio”, disse.

    Exaltando a participação de sua mulher nas suas escolhas de carreira e de vida, o dirigente estadual afirmou que uma hora o “glamour” de ser governador vai acabar. “E a gente vai voltar a vida que nós tínhamos, e nós vamos ser felizes”, disse.

    O discurso vem sendo reforçado pelo governador nos últimos meses. Com aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL), padrinho político de Tarcísio, incomodados com o protagonismo adquirido pelo ex-ministro da Infraestrutura, Tarcísio tem aproveitado todas as oportunidades pra destacar sua gratidão ao ex-presidente e reafirmar que não pensa em disputar as eleições para a presidência em 2026.

    No entanto, com Bolsonaro inelegível , o governador de São Paulo entrou no bolsão de apostas como um dos possíveis nomes a tentar o cargo. No campo da direita, estão como postulantes os governadores Romeu Zema (MG-Novo) e Ronaldo Caiado (União Brasil-GO).

    A primeira-dama

    A primeira-dama do Estado, presidente do Fundo Social de São Paulo, recebeu nesta manhã o Colar de Honra ao Mérito Legislativo, concedido a pessoas que tenham atuado de forma a contribuir para o desenvolvimento social, cultural e econômico do estado. A homenagem foi um ideia da deputada estadual Dani Alonso (PL).