Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Temos o desafio de incentivar o transporte coletivo”, diz Ricardo Nunes à CNN sobre congelamento da tarifa

    Prefeito de São Paulo tomou decisão no momento em que o governador paulista anunciou que irá elevar o preço da passagem em R$ 0,60

    Ricardo Nunes, prefeito de São Paulo, disse que a tarifa dos ônibus não vai aumentar na capital em 2024
    Ricardo Nunes, prefeito de São Paulo, disse que a tarifa dos ônibus não vai aumentar na capital em 2024 Wilson Dias/Agência Brasil

    Pedro Venceslauda CNN

    São Paulo

    Após anunciar que não vai haver reajuste nas tarifas de ônibus em 2024 na capital, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), disse à CNN que tomou essa decisão porque tem o “desafio” de incentivar o transporte coletivo.

    “No nosso caso, temos um desafio de incentivar o transporte coletivo, por uma série de questões, por exemplo, a questão do trânsito”, afirmou.

    A decisão foi anunciada no momento em que o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) definiu um reajuste de R$ 0,60 nas passagens de trens e metrô na região metropolitana.

    O prefeito e o governador já haviam divergido sobre a decisão da capital de conceder o passe livre aos domingos.

    No caso do aumento da tarifa estadual, o governador comunicou ao prefeito na segunda-feira que faria o reajuste, mas o tema vazou na imprensa antes que as duas equipes tivessem tempo de fazer um alinhamento.

    Em nota oficial, a prefeitura informou que aconteceu, nesta quinta-feira (14), uma reunião conjunta formal entre representantes da área de transportes da Prefeitura de São Paulo e do governo estadual.

    No encontro a administração municipal informou oficialmente que não fará correção na tarifa dos ônibus, que será mantida em R$ 4,40. “A prefeitura ressalta que não há qualquer impedimento técnico na gestão de tarifas distintas entre os serviços de ônibus, metrô e trens, como já ocorrera em anos anteriores”.