União Brasil abandona Rodrigo Garcia em SP por “falta de alinhamento” com PSDB

Tucanos não se comprometeram com pautas caras ao partido como o liberalismo econômico e a defesa do imposto único

Isabella GalvãoJúlia Vieirada CNN

São Paulo

Ouvir notícia

O deputado federal Júnior Bozzella, vice-presidente do diretório estadual do União Brasil em São Paulo, confirmou neste neste domingo (12) em entrevista à CNN que o partido não apoiará a pré-candidatura de Rodrigo Garcia (PSDB).

Segundo o parlamentar, a decisão se deu por “falta de alinhamento nacional com o PSDB” em algumas pautas prioritárias para o União, como o liberalismo econômico e a defesa do imposto único. “Nada em particular com o Garcia, mas com o rearranjo nacional”, explicou o deputado.

Ao ser questionado sobre a possibilidade da legenda fazer palanque ao postulante do PT ao governo de SP, Fernando Haddad, ou ao candidato de Jair Bolsonaro (PL) no Estado, o ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos), Bozzella desconversou. “Os candidatos abertos a esse debate e que quiserem convergir com a pauta do União Brasil serão bem-vindos”, afirmou.

Futuro político de Moro

Júnior Bozzella ainda comentou sobre o futuro político do ex-juiz Sergio Moro, que saiu do Podemos, onde era o pré-candidato à Presidência da República, para o União Brasil. No novo partido, Moro flertou com a disputa pelo Senado por São Paulo, mas sofreu um revés na Justiça por causa da transferência de seu domicílio eleitoral.

O deputado afirma que o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública tem o “livre-arbítrio de fazer a discussão que ele achar mais pertinente dentro de seu plano e carreira”, seja para o Senado pelo Paraná ou pela Câmara dos Deputados. “Ele tem todo o nosso respaldo para que possa pavimentar o seu caminho. Tanto em SP como no Paraná, eu acho que ele deve perseguir uma vaga na Câmara Federal. Com isso, ele vai poder ser campeão e votos e não vai se submeter ao sistema, não vai precisar ficar ajoelhado a nada ou ninguém”, sugeriu.

Assista à entrevista completo no vídeo acima

Debate

CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

Fotos – os pré-candidatos à Presidência

Mais Recentes da CNN