Waack: a prioridade zero do governo parece ser tratar do que ele pode gastar

Quando se trata das grandes reformas, parece haver mais empenho em tratar primeiro da administrativa, a que mexe com salários do funcionalismo

William Waackda CNN

Ouvir notícia

Dois assuntos chamam a atenção agora à noite. O que o governo quer tocar no Congresso sobre a economia? E a Procuradoria-Geral da República (PGR) abrindo apuração preliminar sobre a atuação de Bolsonaro na pandemia?

A prioridade zero zero zero do governo parece ser tratar do que pode gastar, ou seja, aprovar o orçamento e ver o que cabe para continuar pagando auxílio emergencial.

Quando se trata das grandes reformas, parece haver mais empenho em tratar primeiro da administrativa, a que mexe com salários do funcionalismo e depois da tributária, que mexe com todo mundo — estados, municípios, setor privado.

 

Arthur Lira (PP-AL), Jair Bolsonaro (sem partido) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG))
Arthur Lira (PP-AL), Jair Bolsonaro (sem partido) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG)
Foto: Reprodução/CNN (03.fev.2021)

 

Mais Recentes da CNN