Waack: Promessas de Bolsonaro sobre meio ambiente só terão valor com resultados

Embora tenha sido ouvido pelo público internacional, presidente brasileiro precisará apresentar mudanças e conquistas reais para ser levado a sério

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

No quadro CNN Poder desta sexta-feira (23), na CNN Rádio, William Waack analisa a participação e as promessas do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro (sem partido) na Cúpula de Líderes sobre o Clima organizada pelos EUA.

“Vimos um presidente americano empenhado em recuperar a liderança internacional. [Joe Biden] fez uma série de promessas, foi ouvido e levado a sério”, afirmou Waack.

Já Bolsonaro, que estava na defensiva e fez uma série de promessas ao público internacional, só será levado a sério, embora tenha sido ouvido, se apresentar resultados.

“Resultados que dependem, neste momento, de uma grande coalizão, uma aliança, do chamado PIB pesado do Brasil – bancos, investidores, grandes empresários, dos setores avançados tecnologicamente, do agronegócio”, disse Waack.

Para ele, foi exatamente a pressão desses setores que tirou o governo brasileiro de uma postura negacionista, “responsável por nos tirar da posição de sermos ouvidos com simpatia e nos deixou na posição de vilão nessa história – que, na verdade, não somos”.

Mais Recentes da CNN