Disney fecha parques no Japão por surto de coronavírus


28 de fevereiro de 2020 às 13:21
Mulheres tiram foto com Minnie Mouse em parque da Disney em Tóquio

Disney fechará parques no Japão por duas semanas por causa do surto de coronavírus no país

Crédito: Reuters (28.02.2020)

Disney anunciou o fechamento temporário de seus parques temáticos no Japão em razão do avanço do surto do novo coronavírus no país asiático.

As unidades de Tóquio e DisneySea – parque com temática de exploração náutica – deixarão de funcionar neste sábado (29) e só devem retomar suas atividades depois de 15 de março, informou nesta sexta-feira, 28, a Oriental Land, operadora das atrações.

A suspensão das atividades nos dois parques é uma resposta ao pedido do governo japonês para que grandes eventos ou encontros de pessoas deixem de ser realizados nas próximas semanas, com a finalidade de reduzir o risco da doença se espalhar.

O coronavírus, também chamado pela Organização Mundial da Saúde de Covid-19, já matou oito pessoas no Japão e infectou mais de 900 – a maioria delas conectadas ao caso de um navio de cruzeiro que foi isolado no começo de fevereiro na região de Yokohama.

Em todo o mundo, já foram registradas mais de 2,8 mil mortes, principalmente na China continental. Mais de 83 mil pessoas foram infectadas e, com a confirmação, na quarta-feira (26), do primeiro caso no Brasil, passa a haver registros do Covid-19 em todos os continentes, com exceção da Antártica.

Os resorts da Disney em Tóquio anunciaram que vão reembolsar todos os clientes que já compraram ingressos ou reservaram quartos em seus hotéis para o período em que permanecerem fechados. A empresa também afirmou que, no momento, a previsão é retomar as atividades do dia 16 de março.

 

Portões da Disney em Hong Kong trancados por causa do coronavírus

Parque temático da Disney em Hong Kong está fechado preventivamente desde janeiro

Crédito: Reuters (06.02.2020)

Dificuldades na Ásia

O fechamento temporário da Disney em Tóquio é o mais recente problema dos negócios da Disney na Ásia. A empresa fechou seus parques temáticos em Xangai e Hong Kong no mês passado, pouco antes do feriado do Ano Novo Lunar, por preocupações com o coronavírus.

No início deste mês, a Disney alertou que esses fechamentos, junto com as consequências dos protestos em massa de Hong Kong, poderiam causar uma redução de US$ 280 milhões em seu lucro no trimestre atual. A empresa também disse que o surto de coronavírus afetará seus resultados no ano fiscal como um todo.

As propriedades da Disney em Hong Kong e Xangai continuam fechadas por tempo indeterminado. "A magnitude exata do impacto financeiro dependerá da duração destas interrupções", disse Christine McCarthy, diretora financeira da companhia, em uma teleconferência de resultados no início de fevereiro.