Doria anuncia shoppings fechados na Grande SP como forma de conter coronavírus


Da CNN Brasil, em São Paulo
18 de março de 2020 às 13:08 | Atualizado 18 de março de 2020 às 16:28
Governo de SP anuncia novas medidas para conter o novo coronavírus (18.mar.20)

Governo de SP anuncia novas medidas para conter o novo coronavírus (18.mar.20)

Foto: Reprodução


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira (18) novas medidas para intensificar o combate ao novo coronavírus. Entre as medidas anunciadas está o fechamento de shoppings na região metropolitana de São Paulo a partir de segunda-feira (23). A ação é válida até 30 de abril.

Durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, o governardor listou os três setores que são impactados diretamente pelas medidas de contenção ao coronavírus: turismo, economia criativa e comércio. Também foi anunciada a suspensão no prazo de 60 a 90 dias do pagamento de financiamentos.

Doria fez apelo para que pessoas com mais de 60 anos não saiam de casa e, em caso de emergência, recorram a serviços de delivery ou à ajuda de vizinhos, parentes ou amigos.

Confira as demais medidas anunciadas:

O fechamento de shoppings na região metropolitana de São Paulo até o dia 30 de abril.

As academias de ginástica também devem suspender seus serviços a partir de domingo (22), também até o dia 30 de abril. 

Ampliação de medicamentos de alto custo de 1 a 3 meses para novos pacientes. Doria também promete incluir mil farmácias da rede privada na campanha de vacinação contra a gripe a partir de 13 de abril. A campanha começará nos postos de saúde no dia 23 de março.

Embora não haja suspensão dos serviços, o fluxo de pessoas nos postos do Detran e do Poupatempo sofrerá maior controle. Os serviços online serão priorizados.

Parceria com as operadoras de telefonia celular para disparar mensagens de texto gratuitamente para 15 milhões de pessoas, com condutas, procedimentos e. recomendações da saúde pública. O início dos disparos está previsto para esta quinta-feira (19).

O envio de comunicações a prefeitos e prefeitas dos mais de 600 municípios do Estado sobre medidas de contenção pela  Secretaria de Desenvolvimento Regional. O governo também anunciou a liberação de R$ 275 milhões, além da mesma quantia liberada previamente, para ajudar na contenção dos danos causados pelo coronavírus, com atenção principal às pequenas e médias empresas.

Nenhuma medida restritiva será adotada no Metrô e CPTM no momento, nem diminuição da oferta. O trabalho de limpeza e higienização será triplicado em toda a rede.