Casos confirmados de COVID-19 no mundo ultrapassam 600 mil


Da CNN, em São Paulo
28 de março de 2020 às 05:47
Painel de acompanhamento Johns Hopkins

Painel de acompanhamento de casos de COVID-19 da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos

Foto: Foto: Reprodução/Johns Hopkins Universit

O número de casos confirmados de COVID-19 em todo o mundo atingiu 601.478 mil neste sábado (28), às 5h40, segundo contagem do Centro de Sistemas e Engenharia (CSSE) da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, referência na pesquisa sobre o novo coronavírus.

Segundo dados da universidade, os Estados Unidos são o país com o maior número de infecções - mais de 104 mil. A Itália fica em segundo lugar, com cerca de 86 mil casos de COVID-19.

O CSSE também acompanha o número de mortes causadas pelo novo coronavírus. Segundo o centro, já são mais de 27 mil mortos em todo o mundo, a maior parte registrada na Itália, com mais de 9 mil óbitos. A Espanha fica em segundo lugar, com mais de 5 mil mortes.

A contagem da universidade acompanha ainda o número de pacientes que se recuperaram do COVID-19 pelo planeta: mais de 131 mil. A maioria dos casos de infectados que se recuperaram são da província de Hubei, na China: mais de 62 mil. Em segundo lugar, está o Irã, com mais de 11 mil recuperações.