Johns Hopkins calcula um milhão de casos de coronavírus no mundo


Da CNN, em São Paulo
02 de abril de 2020 às 17:06 | Atualizado 02 de abril de 2020 às 17:31

Uma das mais respeitadas instituições de saúde do mundo, a Universidade Johns Hopkins vem se notabilizando nesta pandemia de coronavírus por suas atualizações em tempo real no número de casos da doença. Nesta quinta-feira (2), o mapa do coronavírus da instituição mostrou que 1.002.159 pessoas já foram infectadas pela COVID-19, divididas em 181 países ou regiões, segundo atualização feita as 16h.

Ainda segundo o levantamento, o número de mortes pela doença ultrapassou a marca de 50 mil. A nota positiva é que mais de 200 mil pessoas já estão curadas do coronavírus.

O número da universidade é maior do que os aferidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que confirma até o momento 896 mil casos confirmados em 205 países.