Fiocruz registra momento em que novo coronavírus ataca célula

Microscópio também mostrou ação do vírus no interior da célula; imagens foram registradas por técnica inédita no Brasil

Da CNN, em São Paulo
08 de abril de 2020 às 14:44 | Atualizado 08 de abril de 2020 às 15:21
 
Imagens foram feitas por microscópio eletrônico em técnica inédita no Brasil; estudo registrou ainda ação do vírus dentro da célula cultivada em laboratório
Foto: Débora Barreto/IOC/Fiocruz
 

Um registro inédito da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgado nesta terça-feira (8) mostra o exato momento em que o novo coronavírus infecta uma célula. As imagens, feitas com um microscópio eletrônico de transmissão, método inédito no Brasil, foram produzidas durante um estudo sobre a replicação do vírus. 

Para a captura da imagem, a infecção foi feita em células de linhagem Vero, desenvolvida a partir de tecido do rim e comumente utilizada pela ciência para ensaios in vitro.

Em outro registro da Fiocruz é possível ainda identificar diversas partículas do novo coronavírus tentando infectar o citoplasma da célula, onde pode ser visualizado o núcleo, responsável por guardar o material genético da célula e mantê-la funcionando. Em uma terceira  imagem, partículas virais podem ser observadas já no interior da célula.

O registro foi obtido durante estudo que investiga a replicação viral do SARS-CoV-2, nome técnico do vírus causador da COVID-19. A pesquisa é conduzida pelos pesquisadores Débora Barreto e Marcos Alexandre Silva, do Laboratório de Morfologia e Morfogênese Viral, e Fernando Mota, Cristiana Garcia, Milene Miranda e Aline Matos, do Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo.

Confira abaixo o processo de infecção da célula registrado pela Fiocruz:

Animação mostra processo em que novo coronavírus "invade" célula
Foto: Débora Barreto/IOC/Fiocruz