Agachamento, polichinelo e abdominal são bons exercícios para se fazer em casa

Da CNN, em São Paulo
12 de abril de 2020 às 13:14
 

Em tempos de isolamento social, manter uma rotina de saudável de exercícios ajuda a equilibrar a saúde física e mental. Para quem ainda não tem a prática de esportes como hábito em suas vidas, a quarentena pode servir como um bom momento para que a pessoa se organize e repense os cuidados com o corpo e o próprio estilo de vida.

Além da melhora na disposição física, a fisiologista Paola Machado ressalta outros pontos positivos que estão aliados à prática esportiva. “O exercício físico traz diversos benefícios para a saúde: melhora o condicionamento, a fadiga, o humor, a saúde mental, melhora a ansiedade e todos os quadros relacionados aos estágios de gordura corporal, que levam às comorbidades e são responsáveis pelo alto risco de acometimento do coronavírus”, explica.

No entanto, como é a hora de preservar o sistema imunológico, é preciso atentar para não praticar exercícios em excesso. “O exercício moderado, leve, feito de forma consciente, aliado à exercício funcionais, seja ioga ou treinamentos com pesinhos, em casa, são ótimas dicas”. Paola Machado aconselha que as pessoas priorizem os exercícios funcionais, uma vez que estes conseguem movimentar todo o corpo.

A principal intenção da prática, durante a quarentena, é incluir movimentos que lembrem as atividades funcionais, aquelas que já fazemos em nossas atividades diárias, por isso, exercícios de agachamento, polichinelo, e alguns tipos de abdominais podem melhorar o condicionamento e a postura, que ajudam na rotina de trabalho. Também é aconselhável pular corda e fazer corridinhas em esteira, em casa.