Novo estudo confirma contaminação pelo novo coronavírus entre gatos

Pesquisadores de Estados Unidos e China dizem que governos deveriam investigar possível cadeia de transmissão com felinos domésticos

Da CNN, em São Pauo
15 de maio de 2020 às 16:00
Pesquisadores afirmam que gatos transmitem Covid-19 entre e si e dizem que possibilidade de passarem a doença para humanos deve ser estudada
Foto: Yuya Shino-14.jan.2015/ Reuters

Um novo estudo publicado nessa semana pelo New England Journal of Medicine, uma das publicações científicas mais prestigiadas na área da medicina, indica que gatos podem ser infectados pelo novo coronavírus e transmitir a doença para outros animais da mesma espécie.

Pesquisadores de China e Estados Unidos infectaram três gatos domésticos com a Covid-19. Um dia após a inoculação do vírus, dois dos animais estavam com o vírus. Depois de três dias, todos estavam infectados.

Depois, os cientistas juntaram gatos saudáveis nas jaulas individuais de cada um dos gatos infectados. Após cinco dias, todos estavam com a doença.

Leia também:

Estudo diz que gatos domésticos podem ser infectados pelo novo coronavírus

Tigresa testa positivo para coronavírus em zoológico de Nova York

“Embora haja relatos de gatos infectados sintomáticos, nenhum dos gatos em nosso estudo apresentou sintomas, incluindo temperatura corporal anormal, perda substancial de peso ou conjuntivite”, diz a pesquisa.

O estudo concluiu que os dados que mostram a facilidade de transmissão entre gatos domésticos, motivo pelo qual é preciso que os governos reconheçam e investiguem a cadeia potencial de transmissão entre humanos e gatos.

“Isso é de particular importância, dado o potencial de transmissão de SARS-CoV-2 entre pessoas em famílias com gatos enquanto vivem sob ordens de isolamento”, alegam os pesquisadores.