Pesquisa diz que número de casos da Covid-19 no Brasil pode ser 16 vezes maior


Da CNN, em São Paulo
16 de maio de 2020 às 16:14

Pesquisadores da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) junto a cientistas da Universidade de São Paulo (USP) realizaram uma pesquisa sobre a subnotificação dos casos de coronavírus no Brasil. O levantamento mostrou que os números de infectados pela Covid-19 podem ser até 16 vezes maiores do que os apontados pelos índices oficiais do governo federal, com isso, a estimativa é que o Brasil já tenha 2,7 milhões de casos.

Atualmente, o Ministério da Saúde registra mais de duzentos mil casos de pessoas que testaram positivo com a Covid-19, considerando todos os estados brasileiros. No entanto, o Brasil é um dos países que menos realiza testagem na população.

O número de casos no estado do Rio de Janeiro, que hoje está em cerca de 20 mil, pode chegar a 55 mil nas próximas duas semanas, segundo os pesquisadores. Esta crescente será evitada se forem implementadas medidas mais restritivas de isolamento.

A fim de minimizar as consequências da baixa taxa de testagem, hospitais e serviços de saúde estão oferecendo uma espécie de teste on-line de autoavaliação.

A ideia é que as pessoas que estejam apresentando sintomas da Covid-19,  e que não conseguiram realizar o teste laboratorial, possam registrar seu próprio quadro e o porquê de estarem com suspeita da doença. Essa será uma outra forma de colher dados que ajudem os estudos sobre a subnotificação de coronavírus no Brasil.