Governo de SP estima que terá até 265 mil casos de Covid-19 no final de junho


Reuters
03 de junho de 2020 às 21:05 | Atualizado 03 de junho de 2020 às 21:45
Médicos fazem treinamento no hospital de campanha para tratamento de Covid-19

Médicos fazem treinamento no hospital de campanha para tratamento de Covid-19 do Complexo Esportivo do Ibirapuera

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil


O estado de São Paulo pode chegar ao final deste mês com uma variação de 190 mil a 265 mil casos de Covid-19, de acordo com projeção do Centro de Contingência do Coronavírus no estado divulgado nesta quarta-feira (3).

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, o secretário estadual de Governo e vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM), disse que essas projeções têm se mostrado corretas e que foram elas que balizaram o Plano São Paulo, como foi batizado a estratégia de reabertura gradual da economia no Estado.

"Trazemos agora a projeção feita pelo centro de contingência para o mês de junho, que coloca um crescimento de 1,7 a 2,4 vezes. Então em nenhum momento o Plano São Paulo anunciou que a pandemia foi embora", disse Garcia.

"Nós estamos prevendo chegar no mês de junho entre 190 mil e 265 mil casos, como consequência disso, a preparação do sistema de saúde", acrescentou o vice-governador.

Leia mais:

OMS decide retomar testes com hidroxicloroquina para tratar Covid-19

'Atingimos o platô', diz Bruno Covas sobre coronavírus na cidade de São Paulo

De acordo com dados da Secretaria de Saúde do Estado, São Paulo tem 123.483 casos confirmados de Covid-19, com 8.276 mortes. A ocupação de leitos de UTI (unidade de terapia intensiva) está em 72,3% para o estado como um todo e em 84,7% na Grande São Paulo.