Crianças mais velhas transmitem Covid-19 tanto quanto os adultos, aponta estudo


Da CNN
21 de julho de 2020 às 14:03
 

Um estudo feito na Coreia do Sul, ainda em fase inicial, aponta que crianças e adolescentes de 10 a 19 anos têm a mesma capacidade de disseminação do coronavírus que os adultos. Pesquisadores indicam ainda que crianças de até 10 anos são menos contagiosas. Em entrevista à CNN, na manhã desta terça-feira (21),  Renato Kfouri, pediatra infectologista e presidente do Departamento de Imunizações da Sociedade Brasileira de Pediatria, pondera, entretanto, que o estudo é uma boa notícia para as crianças pequenas, menores de 10 anos.

"Na China, Europa e nos EUA, o vírus demonstrou que as crianças são pouco afetadas de maneira mais grave. Portanto, desde o início, nós estamos acumulando conhecimento sobre a relação entre as crianças e a transmissão do vírus na comunidade. Acredita-se até hoje que as crianças menores transmitem muito pouco. Pela primeira vez, com este estudo da Coreia, extratificamos um pouco esta questão de transmissão ", avaliou. 

Leia e assista também

Estudo reforça ligação entre Covid-19 e doença inflamatória rara em crianças

Síndrome inflamatória relacionada à Covid-19 coloca vida de crianças em risco

Menores de 20 anos têm metade da probabilidade de contrair Covid-19, diz estudo

Kfouri acredita ainda que o estudo é uma "porta de entrada"  para a segurança dos pequenos. Na visão dele, mesmo sendo um estudo preliminar, já é um passo para a volta às aulas de maneira segura. "Nós tínhamos muita preocupação com a volta às aulas, principalmente com os pequenos. Os maiores de 10 anos conseguem se adaptar às medidas de uma melhor maneira. A pesquisa traz um pouco de esperança neste retorno às aulas, mas é preciso ter cautela nesta volta.", finalizou o pediatra.

(Edição: Leonardo Lellis)