Pazuello quer campanha sobre nova orientação para Covid-19 e busca apoio médico


Igor Gadelha
Por Igor Gadelha, CNN  
31 de julho de 2020 às 08:20 | Atualizado 31 de julho de 2020 às 08:23

O ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, planeja lançar uma campanha nacional para reforçar a nova orientação da pasta para que a população procure unidades de saúde assim que notar os primeiros sinais da Covid-19. 

Leia também:

Ministério da Saúde tem 9,8 milhões de testes parados por falta de insumos

Não é corrida de 100 metros, diz Pazuello sobre gastos contra Covid-19

Filha de Pazuello é nomeada supervisora da Rio Saúde

Até junho, a orientação do Ministério da Saúde era para que os pacientes aguardassem em casa a manifestação mais presente do novo coronavírus e só procurassem os hospitais caso esses sintomas se agravassem. 

Nesta quarta-feira (29), Pazuello se reuniu com representantes dos conselhos federal e regionais de medicina para tratar do assunto. A avaliação na pasta é de que não adianta fazer uma campanha sem o apoio da classe médica. 

Pazuello também pediu a equipe de comunicação do ministério que começasse a pensar na campanha. Hoje, a nova orientação do ministério está registrada apenas de forma discreta no site da pasta.