Vacina Sputnik-V será debatida por comissão externa da Câmara dos Deputados

Em reunião nessa quinta-feira (13) na Embaixada da Rússia, em Brasília, a comissão convidou o embaixador Sergey Akopov

Larissa Rodrigues, da CNN e Brasília
14 de agosto de 2020 às 18:56 | Atualizado 14 de agosto de 2020 às 19:00

Foto: Divulgação/ Fundo de Investimentos Diretos da Rússia (RDIF)

A Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19 deverá debater, nos próximos dias, a vacina Sputnik-V contra o novo coronavírus.

Em reunião nessa quinta-feira (13) na Embaixada da Rússia, em Brasília, a comissão convidou o embaixador Sergey Akopov e técnicos do Ministério do Saúde daquele país, responsáveis pela vacina, para participar de audiência pública na Câmara dos Deputados.

Leia também:

‘Vacina russa está registrada na fase 2 de testes’, diz vice-diretora da OMS

Vacina da chinesa Sinopharm ativou anticorpos contra Covid-19 em testes clínicos

Segundo a relatora da comissão, deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC), o papel do colegiado é buscar unidade em ações contra a Covid-19 e dar visibilidade a todas as pesquisas que estão sendo desenvolvidas no mundo.

“O Parlamento está aberto para discutir todas as opções. Torcemos para que as  vacinas tenham eficiência científica e sejam eficientes para imunizar a nossa população. O Brasil já ultrapassou as cem mil mortes”, alertou Zanotto.

A vacina Sputnik V foi registrada oficialmente nesta semana pelas autoridades sanitárias russas. Os governos do Paraná e da Rússia assinaram documento para parceria no desenvolvimento da vacina.