Taxa de contágio abaixo de 1 não é certeza de diminuição da Covid-19


Fernanda Pinotti*, da CNN, em São Paulo
19 de agosto de 2020 às 18:31 | Atualizado 20 de agosto de 2020 às 11:52

A taxa de contágio do novo coronavírus no Brasil está abaixo 1, segundo o relatório mais recente da Imperial College, de Londres. Na semana encerrada no dia 16 de agosto, o país registrou uma taxa de 0,98. Este índice representa quantas pessoas serão infectadas, em média, por cada portador do vírus — ou seja, 100 infectados passaram o Sars-Cov-2 para outras 98 pessoas 

Em entrevista à CNN, o professor de matemática da UFABC e membro do Observatório Covid-19, Renato Coutinho, explicou que a taxa abaixo de 1 não necessariamente é um sinal de que os números de casos e óbitos devem diminuir no país. “A taxa igual a 1 quer dizer que temos uma estabilidade de casos. Podemos esperar o mesmo número de casos e o mesmo número de óbitos por dia enquanto estiver próximo de 1”, disse Coutinho.

Assista e leia também:

Taxa de contágio de Covid-19 no Brasil fica abaixo de 1

Vacina: há algum grupo que não pode receber a imunização contra a Covid-19?

Ele ressalta essa taxa já foi observada em São Paulo sem que isso signifique uma recuperação da pandemia de Covid-19, mas que ela está em desaceleração. O matemático explica que a taxa de contágio depende de vários fatores, desde o comportamento da população até as políticas públicas em nível federal, estadual e municipal.

Com uma reabertura muito rápida e o abandono das medidas de isolamento social, essa taxa pode subir, explica. “Esse é o número de agora, mas pode ser que daqui a uma semana esse número volte a crescer ou diminua mais.”

*Sob supervisão de Elis Franco