Pazuello nomeia veterinário para dirigir programa de vacinas


Raquel Landim
Por Raquel Landim, CNN  
31 de agosto de 2020 às 10:01 | Atualizado 31 de agosto de 2020 às 22:20
O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello

Foto: Adriano Machado/Reuters (9.jun.2020)

O ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, trocou o diretor do programa de imunização e doenças transmissíveis.

Conforme decreto publicado no Diário Oficial da União, foi nomeado para o cargo o veterinário Lauricio Monteiro Cruz. A nomeação provocou polêmica entre profissionais da área que questionam nos bastidores a falta de experiência de Cruz para coordenar o programa de imunização, especialmente em meio à pandemia.

Leia mais:
Distanciamento de 1 ou 2 metros pode não bastar para evitar contágio da Covid-19

Ele será o responsável por coordenar a eventual vacinação contra a Covid-19 no país. Pelo menos três vacinas estão sendo testadas no Brasil.

Cruz é médico veterinário formado pelo Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro Oeste (UNIDESC) em Goiás (2002) e tem mestrado em epidemiologia, prevenção e controle de doenças nos animais pela Universidade de Brasília (UnB).

Ele entrou no lugar do servidor de carreira Marcelo Wada, que também é veterinário, mas tem experiência em imunização e ocupava o cargo apenas interinamente. Seu antecessor era o médico infectologista Julio Croda.

O ministério da Saúde confirmou que Cruz é médico veterinário e informou por meio de nota que ele também é servidor de carreira do governo do Distrito Federal, onde foi subsecretário substituto de Saúde.
Segundo o ministério, a “ampla experiência na área de gestão em saúde motivou sua indicação” para o cargo de diretor do departamento de imunização.

“É importante destacar que o médico veterinário tem um papel relevante na prevenção de doenças transmissíveis que estão diretamente ligadas à saúde humana”, diz a nota.