Brasil registra mais 27 mil casos e 729 mortes por Covid-19

País ultrapassou 5 milhões de casos nesta quarta (7)

Anna Satie, da CNN, em São Paulo*
08 de outubro de 2020 às 18:46 | Atualizado 09 de outubro de 2020 às 18:59
 

O Ministério da Saúde registrou nesta quinta-feira (8) mais 27.750 casos e 729 mortes por Covid-19. Ao todo, o país soma 5.028.444 diagnósticos e 148.957 vítimas fatais da doença causada pelo novo coronavírus.

O boletim da pasta inclui as confirmações feitas desde a tarde do dia anterior, independentemente de quando os episódios tenham acontecido. Há casos que demoram para entrar na contagem pela demora na conclusão das análises. 

São Paulo segue como o estado com a maior incidência do vírus, com 1.022.404 casos e 36.884 mortes. Na sequência, estão Bahia (321.798 casos e 7.049 mortes), Minas Gerais (315.041 casos e 7.897 mortes) e Rio de Janeiro (280.144 casos e 19.110 mortes). 

Leia também:

Será que certos tipos sanguíneos nos tornam mais vulneráveis à Covid-19?

O que fazer se você estiver suando de máscara?

O governo federal empenhou nesta quarta-feira (7) R$ 803 milhões para formalizar a adesão do Brasil à aliança global coordenada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) que reúne governos e fabricantes para garantir o desenvolvimento de uma vacina contra a Covid-19 e o acesso igualitário ao imunizante. O pagamento deve ser concluído até sexta-feira (9).

De acordo o Imperial College de Londres, a taxa de contágio da Covid-19 no Brasil nesta semana é de 0,99, uma piora em relação aos 0,95 da semana passada, mas pela primeira vez mantendo uma sequência de duas semanas seguidas abaixo de 1 desde o início da pandemia.

A taxa de 0,99 significa que cada 100 pessoas com o vírus contaminam outras 99, o que representa uma redução da disseminação.

(Com informações de Noeli Menezes, da CNN em Brasília, e da Reuters)