Governo atinge menos de 50% da meta de testes de Covid-19, aponta Saúde

A pasta conseguiu repassar pouco mais de 18 milhões ao longo desde o início da pandemia

Natália André, da CNN, em São Paulo
29 de outubro de 2020 às 16:24 | Atualizado 29 de outubro de 2020 às 17:48

 

O Governo Federal não alcançou 50% meta de distribuição dos testes de diagnóstico do coronavírus. Ao todo, a pasta conseguiu repassar 18.575.178 testes. Desses, 7.983.856 foram de RT-PCR. Em março, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta anunciou que seriam 20 milhões. Já Nelson Teich mais do que dobrou a meta e disse que os estados e municípios receberiam, até o final de 2020, 46 milhões de testes.

Os dados foram divulgados na coletiva de imprensa da pasta sobre o balanço epidemiológico da pandemia. A média de diagnóstico das últimas 5 semanas é a mais alta desde fevereiro, foram feitos 200 mil testes PCR por semana e 27 mil por dia.

Leia e assista também:

Butantan produzirá 1 milhão de doses da Coronavac por dia, diz secretário
Mãe pode transmitir anticorpos para o bebê, explica pediatra

Tubos com material para teste de diagnóstico da Covid-19
Foto: Raquel Portugal/Fiocruz (22.mai.2020)
 

Dentro dos números apresentados, é possível identificar queda nas médias de novos casos e mortes. Nos dois cenários, as últimas 6 semanas foram positivas e trouxeram baixa nas curvas de todas as regiões brasileiras.

Desde 26 de fevereiro, o país teve 5.468.270 de casos, com aumento de 28.629 nas últimas 24 horas. Em relação às mortes, o número chegou a 158.456, com acréscimo de 510 de ontem para hoje. Entre os recuperados, 4.934.548. Já as mortes investigadas chegaram a 2.361.