Covid-19: Epidemiologista explica por que taxa de transmissão de 1,1 preocupa

Pedro Hallal falou à CNN sobre o crescimento de casos do novo coronavírus no Brasil

Da CNN
18 de novembro de 2020 às 12:24

Com o crescimento da taxa de transmissão do novo coronavírus no Brasil, o epidemiologista Pedro Hallal, que reitor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), recomenda que a população intensifique as medidas de prevenção contra a doença.

Ele explicou por que o momento atual é preocupante para o país. "Hoje, 100 pessoas que se contaminam com a Covid-19 acabam gerando outros 110 casos, ou seja, cada pessoa tem transmitido a doença para mais do que uma pessoa (1,1). Esse número é perigoso. Quando a doença está controlada, esse índice tem que ficar abaixo de 1. Então, nesse momento que passou de 1 novamente, é sinal de alerta para o Brasil", disse.

Leia também:

Taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil volta a ficar acima de 1
Número de casos de Covid-19 cresce entre os jovens de São Paulo
Governos estaduais flexibilizaram em excesso medidas de isolamento, diz médico

"Eu não diria que nesse momento a mensagem é todo mundo fique em casa de novo, mas quando sair de casa, use máscara, lave bem as mãos, evite tocar nariz, boca, olhos, mantenha distância de 2 metros. A mensagem é: precisamos estar preocupados até para que a gente consiga passar o Natal e Ano Novo com nossos familiares", completou.

Movimento em rua comercial de São Paulo durante pandemia da Covid-19
Foto: Amanda Perobelli/Reuters (15.jul.2020)


(Publicado por Leonardo Lellis)