Comitê americano recomenda uso da vacina da Pfizer

As vacinas não podem ser administradas até que o Diretor do CDC, Dr. Robert Redfield, aceite a recomendação do comitê

Mariana Catacci*, da CNN, em São Paulo
12 de dezembro de 2020 às 16:57 | Atualizado 12 de dezembro de 2020 às 18:02

 

O Comitê Consultivo sobre Práticas de Imunização do Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA votou para recomendar a vacina contra coronavírus Pfizer e BioNTech para pessoas com 16 anos ou mais, levando os Estados Unidos um passo mais perto da vacinação de milhões de pessoas.

As vacinas não podem ser administradas até que o Diretor do CDC, Dr. Robert Redfield, aceite a recomendação do comitê, que deve ocorrer dentro de algumas horas.

A US Food and Drug Administration (FDA) autorizou na sexta-feira (11) a vacina contra o coronavírus da Pfizer e da BioNTech para uso emergencial nos Estados Unidos. As primeiras remessas da vacina devem ser enviadas diretamente para 600 localizações no domingo (13) pela manhã.

Com orientação da Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos, aeroportos se preparam para distribuir a vacina, reservando acessos prioritários para caminhões de entrega e intensificando os sistemas de segurança.

A FedEx ficará responsável pela distribuição para o oeste do país, e a United Parcel Service, para o leste. A maioria das remessas será entregue na terça-feira (15).

(*Supervisão de Evelyne Lorenzetti)

Freezers em centro da Pfizer mantém vacinas contra Covid-19 refrigeradas
Foto: Pfizer