Governo do RJ fará avaliação da carga de Covid-19 na água e no esgoto

Empresas serão obrigadas a monitorar a carga viral nas unidades de tratamento de água, mananciais, represas e lençóis freáticos

Por Luiza Muttoni e Beatriz Puente, da CNN, no Rio de Janeiro
14 de dezembro de 2020 às 13:55 | Atualizado 14 de dezembro de 2020 às 13:55
Empresas terão que fazer testes na rede de esgoto do estado
Foto: José Cruz/ Agência Brasil


O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), sancionou um projeto de lei que adota o plano emergencial para combate do novo coronavírus pelas concessionárias de água e esgoto do estado. A medida foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (14).

As empresas ficam obrigadas a monitorar a carga viral nas unidades de tratamento de água, mananciais, represas e lençóis freáticos.

Além disso, o projeto determina a adoção de procedimentos especiais para o tratamento da água e a retomada dos investimentos no setor, com prioridade para favelas e periferias.  

Os dados coletados deverão ser informados aos órgãos estaduais de controle ambiental e à Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro.

Leia também:

Novo coronavírus já estava em esgoto de Florianópolis em novembro de 2019

Contaminação por Covid-19 é maior em áreas sem saneamento básico, aponta estudo

O que o esgoto revela sobre a Covid-19?

O consumidor vai receber mensalmente as informações, através da conta de fornecimento. 

Segundo o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento, apenas 46% do esgoto é tratado no Brasil.

Além disso, 35 milhões de pessoas não têm acesso à água tratada, e quase 100 milhões não acessam o serviço de coleta de esgoto.

A revista Lancet já publicou alguns estudos que afirmam que a presença do novo coronavírus no esgoto pode levar à transmissão fecal-oral, assim como verificado nos casos de outros vírus.

A Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) faz rodízio de abastecimento desde o dia 15 de novembro.

Destaques do CNN Brasil Business:

O IPVA está chegando: saiba como calcular quanto vai pagar de imposto

Enel inicia obra de usinas eólicas e solares no Brasil e prevê investir R$5,6 bi

Ibovespa vira para queda após zerar perdas no ano; dólar sobe

Um defeito comprometeu em 25% a capacidade de distribuição e afetou vários municípios do Rio de Janeiro.

Um projeto, que será votado na próxima sexta-feira (18), prevê que a concessão passe para a iniciativa privada por 35 anos.