Capital paulista deve regredir e pode ter restrições rígidas no fim de semana

Existe a possibilidade de que a cidade permita só o funcionamento de serviços não essenciais à noite

Raquel Landim
Por Raquel Landim, CNN  
21 de janeiro de 2021 às 22:44 | Atualizado 22 de janeiro de 2021 às 09:42

 

A região metropolitana de São Paulo deve regredir nesta sexta-feira (22) para a fase laranja do plano estadual de controle da pandemia do novo coronavírus.

Existe também a possibilidade de que, entre 20 horas e 6 horas da manhã em dias úteis e aos finais de semana, a cidade entre na fase vermelha e só permita o funcionamento de serviços essenciais.

No interior, várias regiões devem ir direto para a fase vermelha, apurou a CNN. É a terceira reclassificação seguida das diferentes regiões do Estado.

O motivo é o aumento do número de  novos casos, de mortes e da utilização de leitos de UTI, que está chegando ao limite.

O avanço da doença já era esperado por causa das aglomerações de fim de ano. Em entrevista ao Jornal da CNN, o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, disse que o pior momento ainda não chegou e estimou que o pico pode ocorrer no início de fevereiro.