Vacinas da Índia serão rotuladas no sábado antes de seguirem para os estados

Segundo a Fiocruz, o processo deve ocorrer no sábado (23) e durar de três a quatro horas

Igor Gadelha
Por Igor Gadelha, CNN  
21 de janeiro de 2021 às 19:12 | Atualizado 22 de janeiro de 2021 às 06:58

 

Os dois milhões de doses da vacina de Oxford compradas da Índia chegarão ao Brasil nesta sexta-feira (22), mas os imunizantes só devem ser distribuídos pelo Ministério da Saúde aos estados após as caixas passarem por um processo de rotulagem. 

A informação foi confirmada à CNN pela Fiocruz, que será a responsável pelo procedimento. Segundo a fundação, o processo deve ocorrer no sábado (23) e durar de três a quatro horas. A previsão é de que as doses sejam encaminhadas ainda no sábado para o Ministério da Saúde distribuir.

O Palácio do Planalto e a pasta da Saúde organizam um evento com ministros e o embaixador da Índia no Brasil, Suresh Reddy, para receber as doses no aeroporto.

 

Recipientes de vacina de Oxford/AstraZeneca no Serum Institute da Índia
Recipientes de vacina de Oxford/AstraZeneca no Serum Institute da Índia
Foto: Francis Mascarenhas/Reuters (30.nov.2020)


Segundo fontes do governo brasileiro ouvidas pela CNN, devem participar da recepção o chanceler Ernesto Araújo, os ministros Eduardo Pazuello (Saúde) e Fábio Faria (Comunicações) e a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade.

A previsão é que as vacinas cheguem ao Brasil por volta das 17 horas de sexta-feira (22), em um voo da companhia Emirates que pousará no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. De lá, o carregamento seguirá em avião da Azul para o aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

Em razão dos horários, o governo federal ainda estaria decidindo se fará o evento de recepção em Guarulhos ou no Galeão, onde a previsão é de que as doses só cheguem por volta das 22 horas de sexta-feira.