Pfizer vai se reunir com a Anvisa para pedir o registro definitivo de vacina

Farmacêutica já deu início ao processo de submissão contínua na agência e enviou os documentos dos estudos de fase 1, 2 e 3 feitos com o imunizante

Kenzô Machida, da CNN, em Brasília
02 de fevereiro de 2021 às 17:04 | Atualizado 02 de fevereiro de 2021 às 17:40

 


Está marcada para esta quarta-feira (3) a primeira reunião da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) com a Pfizer que irá tratar sobre o registro definitivo do imunizante da empresa no Brasil. Segundo a apuração da CNN, o encontro terá o objetivo de esclarecer toda a documentação necessária para o pedido de registro definitivo da vacina.

A Pfizer já deu início ao processo de submissão contínua na Anvisa e enviou os documentos dos estudos de fase 1, 2 e 3 feitos com o imunizante. 

 

Vacina contra Covid-19 da Pfizer/BioNTech
Foto: Charles Platiau/Reuters (30.dez.2020)


 A farmacêutica entregou os resultados primários da fase 3 dos estudos, que estão relacionados à eficácia e segurança da vacina, no dia 15 de dezembro.  A intenção da Pfizer é fazer o pedido do registro definitivo logo após o encontro com a agência.

Assim que a farmacêutica entrar oficialmente com o pedido de registro definitivo, a Anvisa terá 60 dias para avaliar a documentação, mas a expectativa é que esse prazo seja reduzido, considerando as informações que a agência já recebeu pela submissão contínua.