Vitamina C e zinco podem prejudicar tratamento de Covid-19, diz infectologista

O chefe de infectologia da Unesp, Alexandre Naime Barbosa, explicou como certas medicações, a exemplos da vitamina C e do zinco, não combatem a Covid-19

Produzido por Elis Franco, da CNN em São Paulo
14 de fevereiro de 2021 às 14:36 | Atualizado 14 de fevereiro de 2021 às 15:02

 

Em entrevista à CNN, o chefe de infectologia da Unesp e consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Alexandre Naime Barbosa, explicou como certas medicações, a exemplos da vitamina C e do zinco, não só não combatem a Covid-19, como podem prejudicar o tratamento da doença. 

"Além de não ajudarem e custarem caro, essas substâncias ainda podem prejudicar a saúde", diz Barbosa. 

O infectologista também reforçou como a vitamina D é importante para otimizar alguns processos do organismo, mas não é um agente contra o novo coronavírus: "É um mito", diz.

Infectologista Alexandre Naime Barbosa fala sobre medicações que não combatem a Covid-19 (14.fev.2021)
Foto: Reprodução / CNN