Brasil bate recorde com 2.286 mortes por Covid-19 em 24 horas

Com a atualização, o Brasil ultrapassou 270 mil vítimas da doença causada pelo novo coronavírus

Anna Satie, da CNN, em São Paulo
10 de março de 2021 às 18:01 | Atualizado 11 de março de 2021 às 06:22

O Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) confirmou nesta quarta-feira (10) mais 2.286 mortes por Covid-19 —o maior aumento diário em toda a pandemia. Isso representa uma morte confirmada a cada 37 segundos no Brasil.

O recorde era desta terça-feira (9), quando 1.972 óbitos entraram na contagem.

Com a atualização, o Brasil ultrapassou 270 mil vítimas da doença. Ao todo, 270.656 brasileiros morreram em decorrência da infecção pelo novo coronavírus.

O país tem a segunda maior contagem de mortes pelo vírus em todo o mundo, atrás somente dos Estados Unidos

O Conass também registrou mais 79.876 casos, totalizando 11.202.305.

A ocupação de leitos de UTI ultrapassa 90% em 12 estados e no Distrito Federal, como mostrou um levantamento feito pela CNN junto a secretarias estaduais de Saúde. Em Rondônia, não há nenhum leito adulto disponível na rede pública.

O Butantan divulgou mais cedo que a vacina do instituto em parceria com a chinesa Sinovac é eficaz contra as variantes do novo coronavírus em circulação no Brasil.

Estudos preliminares realizados pelo instituto em parceria com a USP, em pessoas vacinadas, demonstram que a Coronavac é capaz de neutralizar variantes do novo coronavírus. 

(*Com informações de Murillo Ferrari, da CNN em São Paulo)