Preço de medicamentos e EPIs sobe até 900% para hospitais particulares de SP

Hospital relata até 900% de aumento no custo de medicamento necessário a pacientes internados com Covid-19

Manuella Niclewicz Da CNN, em São Paulo
19 de março de 2021 às 01:27

Administradores de hospitais particulares de São Paulo estão preocupados com a falta de medicamentos para pacientes internados com Covid-19. Segundo levantamento do Sindicato dos Hospitais, Clínicas,  Laboratórios e demais estabelecimentos de Saúde (SindHosp), 79% dos hospitais revelaram aumento de preço de remédios, como analgésicos, durante a pandemia. 

Um gestor, ouvido pela CNN, relatou aumento de 900% no preço de um medicamento bastante necessário neste momento. Foram ouvidas equipes de 93 hospitais do estado no início de março. O levantamento mostrou que 9 em cada 10 hospitais particulares enfrentam problemas para o atendimento de todos os pacientes. 

Também foi relatado quase 82% na alta do preço dos Equipamentos de Proteção Indivual (EPIs) e outros 58% apontaram falta de médicos para atendimento. 

Taxas de ocupação de leitos de UTI aumentam no Brasil devido à Covid-19 (28.fev.2021)
Foto: Reprodução / CNN

 

(Publicado por Sinara Peixoto)