Vinagre de maçã ajuda na perda de peso? O que dizem os especialistas

Estudos em humanos são poucos e os resultados limitados; nutricionistas orientam consumir vinagre com as refeições para regular açúcar no sangue

Sandee LaMotte, da CNN
25 de março de 2021 às 11:47
Especialistas explicam se vinagre contribui para perda de peso
Foto: CNN

As afirmações estão por toda parte: se você adicionar vinagre de maça à sua dieta diária, isso contribuirá para a perda peso. “Ajuda a manter uma faixa de peso saudável”, declara um fabricante.

“Muito disso é marketing”, disse a nutricionista e colaboradora da CNN, Lisa Drayer. “Os consumidores recebem essas mensagens e pensam: ‘Oh, esta deve ser a próxima pílula mágica’. Mas, se isso é baseado na ciência, é outra questão”.

O que a ciência diz?

Muitas pesquisas sobre a relação do vinagre com a perda de peso são feitas em animais, principalmente em camundongos e ratos. Estudos mostram que o ácido acético, o principal componente do vinagre de maçã, pode suprimir o acúmulo de gordura corporal e os distúrbios metabólicos em ratos obesos.

 Mas é claro que camundongos não são homens, nem ratos são mulheres, portanto essas descobertas provam pouco. Os estudos em humanos são poucos, o que limita a validade deles. “Por exemplo, algumas pesquisas sugerem o vinagre pode promover a saciedade e fazer com que você consuma menos calorias ao longo do dia”, disse Drayer. “Mas a pesquisa é muito limitada, com amostras pequenas, e está longe de ser conclusiva”.

Um estudo de 2005 realizado com 12 pessoas descobriu que os participantes se sentiam mais satisfeitos quando o vinagre era consumido com uma refeição que incluía pão. Outro trabalho de 2013 com 16 participantes encontrou o mesmo resultado, mas apenas porque o vinagre causava náusea quando ingerido. “Com base nisso, a promoção do vinagre como um inibidor natural do apetite não parece apropriada”, concluíram os autores.

O estudo mais citado para explorar uma conexão com a perda de peso foi feito em 2009, com 175 japoneses obesos, com idades entre 25 e 60 anos, divididos em três grupos. Para ser considerado obeso pelos padrões japoneses, o índice de massa corporal (IMC) de cada indivíduo estava entre 25 e 30; nos Estados Unidos, as pessoas não são consideradas obesas até que seu IMC exceda 30. Qualquer pessoa que tivesse colesterol alto ou diabetes, ou estivesse usando medicamentos foi excluída do estudo.

Durante um período de 12 semanas, todos os dias, os grupos consumiram uma bebida com uma colher de sopa de vinagre, duas colheres de vinagre ou nenhum vinagre. No final dos três meses, aqueles que consumiram qualquer quantidade de vinagre tinham um peso corporal menor, um índice de massa corporal menor, menos gordura visceral, a medida de cintura estava menor e os níveis de triglicerídeos mais baixos do que o grupo do placebo, que não bebeu vinagre.

Isso soa fantástico, até olharmos de perto a quantidade de peso que foi perdida. “Apenas 1 a 2 quilos em três meses em relação ao grupo do placebo”, explicou Drayer. “Isso é apenas um terço de quilo por semana. A maioria das dietas tem um resultado muito maior. Portanto, você definitivamente teria que fazer muitas outras coisas para conseguir qualquer perda de peso significativa”. 

A nutricionista Carol Johnston tem estudado os efeitos do ácido acético nos níveis de glicose no sangue de diabéticos desde 2004. Embora ela concorde que as descobertas do estudo japonês fazem sentido, porque estão de acordo com pesquisas feitas em animais, ela também é rápida em apontar que a perda de peso em humanos foi “muito, muito modesta”.

“Na verdade, eu diria que a maioria das pessoas que faz dieta por 12 semanas e perde apenas alguns quilos não fica muito feliz”, disse Johnston, reitora associada do College of Health Solutions da Universidade Estadual do Arizona.

Pílulas de vinagre

Algumas afirmações giram em torno do uso de suplementos de vinagre para perder peso. 

“Eu me lembro, provavelmente há 15 anos, de abordar a dieta do vinagre de cidra de maçã”, disse Drayer. “Quando você olha de perto, a dieta combina pílulas de vinagre de maçã com um menu de baixa caloria. Não é de se admirar que as pessoas perderam peso”. 

Muitas pessoas preferem ingerir vinagre por meio de uma pílula, porque o tempero líquido é ácido e pode causar náuseas. Mas as pílulas comerciais de vinagre não têm o mesmo efeito na redução da glicose no sangue que o ingrediente líquido, de acordo com uma pesquisa feita pela nutricionista Johnston.

Se você decidir adicionar vinagre à sua dieta, Johnston recomenda uma colher de sopa misturada em um copo cheio de água. O ponto principal é diluir adequadamente o vinagre. Caso contrário, isso pode causar danos aos dentes, à garganta e ao revestimento do estômago.

“O vinagre tem um cheiro forte e um gosto amargo, então se você o inalar para os pulmões, pode queimá-los um pouco, porque é um ácido”, disse Johnston.

Regulando o açúcar no sangue

A pesquisa de Johnston apontou benefícios significativos do vinagre no controle do açúcar no sangue. Ao longo dos anos, ela fez uma série de estudos que mostram que o tempero ajuda a controlar os picos de açúcar no sangue em pessoas com diabetes tipo 2 e naquelas que são pré-diabéticas, também conhecidas como resistentes à insulina. Ela até viu um pequeno benefício no controle desse açúcar em indivíduos saudáveis. 

“O vinagre teve um impacto em todos os grupos, mas o mais significativo foi no grupo pré-diabético”, disse ela. “Em pré-diabéticos, era bom demais para ser verdade; (o açúcar no sangue) caiu um pouco e continuou assim. Pode ser que este seja o grupo que mais poderia se beneficiar”. 

De acordo com Johnston, a teoria é que o ácido acético parece interferir nas enzimas que quebram as moléculas de amido. Essa resposta antiglicêmica pode ser induzida por qualquer tipo de vinagre, como de vinho tinto e branco, de romã ou mesmo destilado branco. É o ácido acético do vinagre, não o tipo dele, que produz o resultado.

“Basicamente, o que o ácido acético faz é bloquear a absorção do amido”, disse Johnston. “Se os participantes do meu estudo comerem amido e adicionarem vinagre, a glicose diminuirá. Mas se eles beberem água com açúcar e adicionarem vinagre, nada acontece. Portanto, se você estiver comendo bacon e ovos, não se incomode. Só ajuda se você estiver consumindo amido”.

É possível que o bloqueio da absorção do amido também possa ajudar na perda de peso, disse Drayer. “Portanto, se o ácido acético está interferindo na quebra do amido, isso significa que o amido não está sendo digerido”, explicou ela. “E se não está sendo digerido, não é absorvido pela corrente sanguínea e, portanto, não contribui para as calorias”. 

Nada definido por enquanto

Embora a pesquisa sobre os benefícios do ácido acético pareça promissora, nada é definitivo. Pode ser que outros elementos da cidra de maçã e outros vinagres também desempenhem um papel. Pegue os traços de produtos químicos no vinagre, que variam de acordo com o local onde cada marca foi fermentada, por exemplo. 

“Pode ser que alguns desses ingredientes sejam importantes ou façam parte do efeito que estamos vendo”, disse Johnson. Ela acrescentou que serão necessários ensaios científicos randomizados muito maiores para provar qualquer causa e efeito entre vinagre e a perda de peso, e especialmente entre vinagre e diabetes ou riscos cardiovasculares.

“Alguém, provavelmente o governo federal, terá que financiar uma doação multimilionária e recrutar centenas de pessoas em risco de diabetes e distúrbios metabólicos para realmente determinar se o vinagre fará a diferença”, disse Johnston.

Mas até que isso aconteça, Johnston não vê nenhum mal em usar vinagre para controlar o açúcar no sangue após refeições ricas em amido. Afinal, vinagres balsâmicos e de vinho fazem parte da dieta mediterrânea, há muito tempo associada à saúde do coração e a outros benefícios.

“Mesmo em pessoas saudáveis, o pico de açúcar no sangue após as refeições é um fator de risco para doenças cardíacas, então, em minha opinião, todos deveriam aproveitar o benefício que o vinagre pode proporcionar. Mas eu faria isso da maneira que as pessoas fizeram durante séculos, adicionando-o à comida”, disse Johnston.

“O que eu recomendaria é adicionar vinagre às refeições como condimento, já que ele não contém calorias”, disse Drayer. “Quando você faz um molho, use três partes de óleo para uma parte de vinagre. Ou inverta e coloque uma parte de óleo e três partes de vinagre”.

Você também pode usá-lo na preparação de alimentos, acrescentou Drayer. 

“Mergulhe o frango com clara de ovo e pão ralado misturado com vinagre balsâmico para aves ou peixes”, disse ela. “Ou você pode dilui-lo em água e ingeri-lo, o que pode ajudar, pois a água faz você se sentir satisfeito”. 

Mas, novamente, nunca beba vinagre puro, dizem os especialistas, ou você pode machucar os dentes, a garganta ou o estômago.

“Dilua em água e beba antes de comer ou com as primeiras mordidas de sua refeição”, disse Johnston. “Os mediterrâneos comiam a salada com vinagre primeiro, depois comiam a massa”, conclui.

(Texto traduzido, leia o original em inglês)