Turistas derrubam barreiras e desrespeitam medidas nas praias de São Sebastião

Câmeras de segurança vão ajudar a identificar autores

Produzido por Fernanda Pinotti Da CNN, em São Paulo
28 de março de 2021 às 16:20 | Atualizado 28 de março de 2021 às 23:41

Barreiras físicas colocadas nas entradas das praias de São Sebastião foram derrubadas por turistas e veranistas. A medida de restrição à circulação de pessoas nas praias foi adotada pelas autoridades locais a fim de conter a aglomeração de pessoas, principalmente, ao longo do recesso sanitário adotado pela capital e região metropolitana de São Paulo.

A fase emergencial do plano estadual do governo também proíbe o uso de praias, parques e demais espaços coletivos.

Praia de Juquehy com barreiras
Praia em São Sebastião (SP)
Foto: Divulgação/Prefeitura de São Sebastião

“Nós deixamos um acesso somente para cada praia e, em diversos momentos, turistas de um dia e veranistas destruíram as barreiras, entraram nas praias e criaram situações completamente irregulares e constrangedoras para este momento”, afirma o prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto (PSDB).

O prefeito explica que apenas a prática esportiva individual está permitida, mas toda a orla de 100 quilômetros está com barreiras físicas que impedem o acesso de pessoas. 

“Nós estamos fazendo um trabalho de abordagem com a Guarda Civil e fica aqui mais uma vez o apelo: ou fazemos este momento de isolamento social bem feito ou continuaremos fazendo mal feito por muito tempo. Precisamos nos unir e nos conscientizar”, alerta Felipe.

A respeito das pessoas que violaram as normas, o prefeito disse que câmeras da prefeitura, além de imagens registradas por moradores, estão auxiliando no processo de identificação.

“Moradores e boa parte dos veranistas, que optaram por fazer home-office na cidade, estão auxiliando na fiscalização. O camarada entrou na praia, montou barraca, começa a chover fotografias e vídeos – e isso ajuda e muito nas denúncias”.

“Toda e qualquer retirada de barreira pelo particular significa dano ao Patrimônio Público. Através de imagens nós já estamos registrando boletim de ocorrência contra estas pessoas e, obviamente, localizando-as”, afirma.

Augusto também disse que, além de intensificar o trabalho de fiscalização, eles estão recolocando as barreiras assim que elas são violadas. “Nós estamos substituindo as barreiras. Derrubou, vamos recompor".