Brasil tem quase metade das mortes por Covid-19 entre os 10 primeiros países

O Brasil lidera a lista de mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, com 3.869 óbitos confirmados

Vital Neto*, da CNN em São Paulo
31 de março de 2021 às 20:35 | Atualizado 31 de março de 2021 às 23:26
Enterro de vítima da Covid-19 no cemitério da Vila Formosa, em São Paulo
Enterro de vítima da Covid-19 no cemitério da Vila Formosa, em São Paulo
Foto: Antonio Molina/Zimel Press/Estadão Conteúdo (30.mar.2021)

Com 3.869 mortes registradas nas últimas 24 horas, o Brasil atingiu nesta quarta-feira (31) um novo recorde de mortes pelo novo coronavírus em um único dia. O número representa 46% das mortes registradas pelos 10 países com mais mortes entre 30 e 31 de março. Também é maior do que a soma das mortes registradas do segundo ao sétimo país da lista com mais óbitos no mundo.

Para superar o número de mortes no Brasil, é necessário somar as mortes dos países que estão entre 2º e 8º com mais óbitos na data de hoje, são eles: Estados Unidos, México, Polônia, Itália, Rússia, Ucrânia e Índia. Juntos esses países tiveram 3.897 mortes.

De acordo com os dados mais recentes, disponibilizados pelos sites oficiais dos Ministérios da Saúde dos 10 países com mais óbitos em 24 horas até esta quarta, os números de mortes em cada um foram: Estados Unidos, 807*; México, 801*; Polônia, 653; Itália, 467; Rússia, 408; Ucrânia, 407; Índia, 354; França, 303 e Hungria, 274*.

Devido a diferenças na forma de apuração de cada país, os dados de Estados Unidos, México e Hungria são do dia 30 de março.

Sob a supervisão de José Brito