Oxford pausa testes pediátricos em vacina até revisão por órgão do Reino Unido

A medida é adotada após relatos de casos raros de coágulo sanguíneo em adultos que receberam o imunizante

Jo Shelley, CNN
06 de abril de 2021 às 15:35 | Atualizado 06 de abril de 2021 às 15:38
Profissional da saúde prepara vacina AstraZeneca-Oxford para aplicação
Profissional da saúde prepara vacina AstraZeneca-Oxford para aplicação
Foto: Valentyn Ogirenko/Reuters (5.mar.2021)

Testes pediátricos da vacina Oxford/AstraZeneca foram interrompidos nesta terça-feira (6) enquanto se aguarda uma revisão pelo órgão regulador de medicamentos do Reino Unido sobre casos raros de coágulo sanguíneo em adultos, disse um porta-voz da Universidade de Oxford à CNN.

“Embora não haja preocupações de segurança no ensaio clínico pediátrico, aguardamos informações adicionais da Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde (MHRA, na sigla em inglês) sobre sua revisão de casos raros de trombose/trombocitopenia que foram relatados em adultos, antes de prosseguir”, disse o porta-voz.

“Os pais e filhos devem continuar a comparecer a todas as visitas agendadas e podem entrar em contato com os locais de teste se tiverem alguma dúvida”, acrescentaram. Quando contatada pela CNN, a AstraZeneca nos encaminhou para a Universidade de Oxford, que desenvolve o imunizante em parceria com a farmacêutica.

(Este texto é uma tradução. Para ler o original, em inglês, clique aqui.)