Critérios bem definidos de internação podem salvar milhares de vidas, diz Hajjar

Em conversa com a CNN, a cardiologista também reforçou as dificuldades enfrentadas pelos profissionais de saúde nas decisões de hospitalizações

Produzido por Layane Serrano, da CNN, em São Paulo
10 de abril de 2021 às 20:01 | Atualizado 10 de abril de 2021 às 22:24

Em entrevista à CNN, neste sábado (10), a cardiologista e intensivista Ludhmila Hajjar explicou que definir prioridades de internação para pacientes contaminados com Covid-19 pode ajudar a salvar milhares de vidas. Para a médica, é preciso que profissionais de saúde determinem critérios antes de direcionar os pacientes à Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

"Com protocolos bem definidos, que vão auxiliar os médicos para identificar quem são os pacientes que precisam ser hospitalizados e os critérios de internação na terapia intensiva, nós possivelmente estaremos salvando milhares de vidas", disse Hajjar.

Ludhmila Hajjar explica ainda a importância de medicamentos básicos para a estrutura dos hospitais no Brasil, além do entendimento, por parte dos médicos, em aplicação de distintos tratamentos para cada paciente. 

"Um grupo de tratamento é o que chamamos de suporte, se ele tem problemas respiratórios ele terá suporte respiratório, que todo hospital tem que ter insumo para oferecer. Se o paciente tem infecção, são outros tipos de suporte, pode ser cateter, uma medicação especial, claro que cada paciente tem uma reação, mas um grupo de medicamentos não pode faltar", explica.

Ao referir-se aos tipos de medicamentos que não podem faltar, em hospitais, para tratamento de pacientes com Covid-19, Hajjar destaca os antibióticos, analgésicos e sedativos, por exemplo. 

"O paciente hospitalizado precisa receber corticoide, anticoagulante, o hospital e os médicos têm que ter estrutura para identificar o paciente que precisa de antibiótico e fazer o uso racional. E há outras medicações mais específicas como sedativos, analgésicos, alguns tipos de soro, que não podem faltar para esses pacientes", diz.

A junção de procedimentos que priorizem a necessidade de internação, além da estrutura hospitalar citada pela médica, são critérios importantes para salvar vidas, conforme explicou a médica. 

"Se nós tivermos protocolos bem definidos que irão auxiliar o médico a identificar quais pacientes merecem ser hospitalizados, quais são os critérios bem definidos de internação na UTI e ter uma aresenal de estrutura e de medicamentos básicos que não podem faltar, nós estaremos, possivelmente, salvando milhares de vidas", acrescentou Hajjar.  

A cardiologista Ludhmilla Hajjar falou sobre as internações por Covid-19
A cardiologista Ludhmilla Hajjar reforçou a importância dos critérios de internação de pacientes com Covid-19 (10.abr.2021)
Foto: Reprodução / CNN