Maracanã ganha posto de vacinação para pessoas com autismo e Síndrome de Down

Atendimento no drive-thru deve ser agendado por meio do aplicativo

Camila Portes, da CNN, no Rio de Janeiro
28 de abril de 2021 às 17:14
Posto de vacinação no Maracanã
Foto: Divulgação/SES RJ

Pessoas com autismo, Síndrome de Down e paralisia cerebral podem se vacinar contra a Covid-19, a partir desta quarta-feira (28), em um drive-thru montado no complexo do Maracanã, na zona norte do Rio de Janeiro. O posto funciona no Estádio de Atletismo Célio de Barros. 

O atendimento é destinado a moradores da capital com mais de 18 anos, também com um ponto de acolhimento multiprofissional. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o objetivo é imunizar pacientes vulneráveis, muitas vezes, com dificuldade de usar máscara ou seguir protocolos de etiqueta respiratória. 

Durante a manhã desta quarta-feira (28), a movimentação foi tranquila. Marco Antônio Azevedo, que tem Síndrome de Down, foi acompanhado pela mãe Roselene Azevedo. “É uma vitória! Eu estou muito feliz”, disse a mãe, que não conteve a emoção ao ver o filho ser vacinado. 

Fernando Lima Vieira, de 18 anos, autista, chegou animado e, ao final, exibiu o braço: “A vacina não doeu!”

A expectativa é vacinar até 200 pessoas por dia no drive-thru do Maracanã, mediante agendamento prévio pelo aplicativo gratuito "Vacina Covid RJ" ou pelo formulário disponível no site Vacinação Covid-19. Com data e hora marcadas, o paciente receberá a primeira dose e terá a segunda agendada automaticamente. A data será informada por mensagem SMS no celular cadastrado.

“A vacinação desse público será iniciada na capital, como projeto-piloto, e poderá estar disponível a todas as regiões do estado. A SES montou um ambiente virtual para agendamento e uma logística para vacinação voltada às necessidades do grupo, respeitando suas especificidades, com conforto e segurança, contando ainda com um posto de acolhimento”, declarou o secretário de Estado de Saúde, Carlos Alberto Chaves.

A ação será levada para outras regiões do estado. A Subsecretaria de Vigilância em Saúde enviou ofício aos demais municípios, orientando que façam o levantamento da população que se enquadra nesse perfil. 

O posto exclusivo de vacinação vai funcionar de segunda a sexta, das 9h às 16h. As pessoas que estiverem agendadas devem comparecer no dia e hora determinados, com documento de identidade.