Média diária de casos e mortes de Covid nos EUA é de 1/5 dos picos de janeiro

Nos últimos sete dias, uma média de 669 mortes de Covid-19 foi relatada a cada dia

Por Deidre McPhillips, da CNN
03 de maio de 2021 às 19:18
Morador de Los Angeles, nos EUA, faz teste para o novo coronavírus
Foto: Lucy Nicholson - 25.nov.2020/Reuters

Em seus respectivos picos em janeiro, a média diária de casos e mortes de Covid-19 nos Estados Unidos foi cinco vezes maior do que agora, mostram os dados da Universidade Johns Hopkins.

Nos últimos sete dias, uma média de 669 mortes de Covid-19 foi relatada a cada dia, de acordo com dados do JHU. Em 14 de janeiro, a média de sete dias era 3.431 mortes por dia, mais do que qualquer outra data.

A média de mortes diárias ultrapassou 3.000 mortes por dia durante cerca de um mês, de 8 de janeiro a 6 de fevereiro, mostram os dados do JHU.

A média de sete dias de mortes diárias agora está abaixo de 1.000 mortes por dia por mais de três semanas, desde 8 de abril. A média de mortes diárias foi inferior à taxa atual no início de julho.

Os casos do novo Covid-19 também representam cerca de um quinto do que ocorreram em janeiro.

Em 8 de janeiro, a média era de 251.057 novos casos em sete dias, uma média de sete dias mais alta do que qualquer outra data durante a pandemia. Mas nos últimos sete dias, uma média de 49.209 novos casos de Covid-19 foram relatados a cada dia, de acordo com dados do JHU.

O Dr. Ashish Jha, reitor da Escola de Saúde Pública da Universidade Brown, disse na sexta-feira que os EUA alcançaram um "ponto de inflexão positivo" na pandemia, mas observou que "este vírus nos surpreendeu de várias maneiras".

E, globalmente, a pandemia está longe de terminar. Mais casos de Covid-19 foram relatados nas últimas duas semanas do que durante os primeiros seis meses da pandemia, disse o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde na segunda-feira.

(Texto traduzido, clique aqui e leia o original em inglês).