Com 73.295 casos em 24 h, país se aproxima de 15 mi de contaminações por Covid

Brasil já soma 14.930.183 infectados e 414.399 vidas perdidas para o novo coronavírus

Anna Gabriela Costa, da CNN, em São Paulo
05 de maio de 2021 às 18:09 | Atualizado 06 de maio de 2021 às 01:00

 

O Brasil registrou, nas últimas 24 horas, mais 2.811 mortes pelo novo coronavírus, totalizando 414.399 pessoas que perderam a vida para a doença, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretarias de Saúde nesta quarta-feira (5). 

O país já soma 14.930.183 infectados pelo vírus, desde o início da pandemia, sendo 73.295 novas contaminações registradas apenas nas últimas 24 horas. 

São Paulo é o estado brasileiro mais afetado pela pandemia, são quase 3 milhões de infectados e 98 mil mortes causadas pela doença.

Em seguida, os estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Bahia aparecem, respectivamente, como os mais afetados pelo novo coronavírus na lista de estados brasileiros. 

Vacinação no estado mais afetado

Nesta quarta-feira (5) o governo de São Paulo anunciou a ampliação da campanha de vacinação contra a Covid-19  para novos grupos com comorbidades e deficiências, incluindo grávidas, puérperas e adultos com idade de 55 a 59 anos.

A campanha terá início na próxima terça-feira (11) com a vacinação de gestantes e puérperas. Somente mulheres grávidas acima de 18 anos, em qualquer idade gestacional, poderão ser vacinadas. Ainda na terça-feira (11), as pessoas com idade entre 55 e 59 anos e deficiências permanentes poderão receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19. 

Já em 12 de maio será a vez de pessoas com comorbidades serem vacinadas. Os integrantes desse grupo, que tenham entre 55 e 59 anos, somente poderão receber a vacina desde que apresentem o comprovante de situação de risco, como exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica. 

Alta lotação em hospitais acende alerta na região metropolitana de SP (12 dez. 2020)
Foto: Reprodução/CNN