Prefeito de São Luís: 600 mil pessoas já receberam a primeira dose de vacina

Capital maranhense é a primeira do país a vacinar jovens a partir de 18 anos contra a Covid-19

Produzido por Flávia Martins, da CNN em São Paulo
23 de junho de 2021 às 08:04

Em entrevista à CNN nesta quarta-feira (23), o prefeito de São Luís (MA), Eduardo Braide (Podemos), explicou como a cidade conseguiu chegar à marca de 600 mil pessoas acima de 18 anos que receberam a primeira dose da vacina contra o coronavírus.

São Luís é a 15ª cidade mais populosa do país e vacinou 80% dos moradores com a primeira dose de algum imunizante.

“Diferentemente de outras cidades, nós não utilizamos a nossa estrutura atual de saúde [para vacinar], nós montamos centros de vacinação independentes na capital e isso nos deu a possibilidade de vacinar mais de 22 mil pessoas por dia. Também criamos uma ferramenta chamada 'filômetro' para nos ajudar no dia a dia na organização da vacinação”, explicou Braide.

Além disso, explicou o prefeito, com a chegada da cepa Delta, originária da Índia, no estado do Maranhão, São Luís conseguiu doses extras de vacina contra o novo coronavírus para evitar a propagação do vírus na região.

"Conseguimos, em uma reunião que participei com o ministro da Saúde [Marcelo Queiroga], doses extras para o município para podermos fazer o enfrentamento da variante da Índia que foi detectada aqui. São Luís recebeu 210 mil doses, e com isso conseguimos avançar bastante [na vacinação].”

Braide contou ainda que, analisando o boletim epidemiológico em São Luís, é possível perceber um platô no número de novos casos, com um indicativo de queda. 

“Tenho certeza que vamos colher nos próximos dias uma redução drástica nos índices de internação.”