Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ameba “comedora de cérebros”: o que é, quais são os sintomas, riscos e como prevenir

    Relatos de mortes por Naegleria fowleri tornaram-se mais frequentes nos últimos anos

    Representação artística da ameba "comedora de cérebro", Naegleria fowleri
    Representação artística da ameba "comedora de cérebro", Naegleria fowleri Kateryna Kon/Science Photo Library/Getty Images

    Colette Bennettda CNN

    Se há uma coisa que ninguém quer ouvir, é a notícia de uma ameba “comedora de cérebros” que pode infectar e matar.

    Infelizmente, nos últimos anos, os relatos de mortes por Naegleria fowleri – uma ameba causadora de doença cerebral – tornaram-se mais frequentes.

    Esse é o tipo de notícia que pode deixar você preocupado, mas conhecer os fatos sobre essa doença ajuda. Leia para saber mais.

    1. Como a ameba “comedora de cérebro” infecta as pessoas?

    De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos, a ameba – conhecida como Naegleria fowleri ou N. fowleri – é encontrada principalmente em água doce quente e em terra.

    Ela infecta as pessoas quando a água contaminada entra no corpo pelo nariz. Importante: você não pode ser infectado por ingestão de água contaminada ou pelo contato com dessa água com a pele.

    2. Então não posso nadar sem me preocupar?

    A N. fowleri, popularmente conhecida como ameba comedora de cérebros, pode ser encontrada em água fresca e quente, como nascentes e lagos durante o verão.

    Se você quiser ser super cuidadoso, talvez deva escolher ambientes com água salgada, o que significaria ir para o mar. Mas o CDC observa que é difícil prever onde uma infecção pode ocorrer.

    “A razão pela qual certas pessoas são infectadas com N. fowleri enquanto milhões de outras que são expostas à água quente em ambientes recreativos não são infectadas é desconhecida, incluindo aquelas que eles estavam nadando com pessoas que foram infectadas”.

    3. Muitas pessoas são infectadas com a ameba comedora de cérebros?

    O CDC ainda considera a meningoencefalite amebiana primária (MAP) uma doença rara. Um total de 133 infecções foram relatadas entre 1962 e 2014.

    É comum que pessoas infectadas tenham participado de atividades relacionadas à água – como nadar debaixo d’água, mergulhar e submergir a cabeça na água – que podem ter causado a entrada de água no nariz. Se alguma dessas atividades fizer você se sentir em risco, é melhor evitá-las.

    4. Quais são os sintomas de que você foi infectado?

    No estágio inicial da infecção, uma pessoa pode ter febre, náusea e vômito, bem como uma forte dor de cabeça frontal. À medida que a doença progride, a vítima pode sentir rigidez no pescoço, alucinações, convulsões, estado mental alterado e entrar em coma.

    5. Existe cura para a ameba comedora de cérebros?

    Ainda não. Devido à incidência relativamente baixa da doença (0 a 8 infecções por ano), os pesquisadores ainda precisam entender por que tantas pessoas que nadam em água morna não são infectadas. Embora quatro pessoas tenham sobrevivido, a infecção é quase sempre fatal.

    Este conteúdo foi criado originalmente em espanhol.

    versão original