Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Anvisa recebe pedido de reforço da Pfizer para adolescentes de 12 a 17 anos

    Farmacêutica pede inclusão da dose adicional na bula da vacina para essa faixa etária; Ministério da Saúde já recomenda o reforço aos adolescentes

    Ane Souz/Prefeitura de Ouro Preto

    Lucas Rochada CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu, na terça-feira (21), o pedido da farmacêutica Pfizer para a inclusão da dose de reforço na bula da vacina contra a Covid-19 para adolescentes de 12 a 17 anos.

    De acordo com a Anvisa, o prazo para avaliação é de 30 dias. Serão analisados dados clínicos apresentados pela empresa, que devem comprovar o benefício da dose adicional para este público específico.

    Atualmente, a dose de reforço da vacina da Pfizer é prevista em bula para pessoas a partir de 18 anos. No dia 21, a Anvisa recebeu o pedido da Pfizer para a inclusão da dose de reforço na bula da vacina para crianças de 5 a 11 anos.

    Recomendação do Ministério da Saúde

    O Ministério da Saúde recomenda a dose de reforço contra a Covid-19 para adolescentes, entre 12 e 17 anos.

    A dose de reforço deve ser aplicada quatro meses após a segunda dose, preferencialmente com a vacina da Pfizer, independentemente da dose aplicada anteriormente. Se houver indisponibilidade da vacina, a Coronavac pode ser usada.

    A recomendação também vale para adolescentes gestantes e puérperas. No caso dos adolescentes imunocomprometidos, apenas a vacina da Pfizer deve ser utilizada.

    Mais Recentes da CNN