Apenas vacinação em escala global será efetiva contra a Covid-19, diz estudo

O estudo ressalta a importância da Covax para a vacinação global, mas diz que o comprometimento de países ricos será vital para o sucesso do programa

Ouvir notícia

Um estudo feito pela Duke University, dos Estados Unidos, estudou o efeito do início da vacinação em massa contra o novo coronavírus no planeta e alertou que a distribuição desigual da vacina pode afetar a eficácia mundial da imunização.

Os pesquisadores alegam que não adianta apenas alguns países serem imunizados enquanto outros não. O estudo defende que essa distribuição desigual da vacina compromete o controle da pandemia.

Leia também

Presidente deveria trabalhar para aumentar adesão à vacinação, diz especialista

EUA: Vacina contra Covid-19 da Moderna supera 1º obstáculo de agência reguladora

Relatório da MP das vacinas exigirá assinatura de termo de responsabilidade

A pesquisa cita o consórcio Covax como uma solução para o problema. O projeto é uma iniciativa da OMS que busca a distribuição igualitária a preços acessíveis de vacinas nos 189 países que aderiram ao plano. Brasil, França, Reino Unido e Alemanha aderiram ao projeto. Os Estados Unidos ficaram de fora.

O estudo destaca que o sucesso ou o fracasso do consórcio depende do comprometimento dos países mais ricos.

Aplicação de vacina
Aplicação de vacina
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

(Publicado por Sinara Peixoto)

Mais Recentes da CNN