Aplicar 3ª dose sem vacinação em escala global cria ‘círculo vicioso’, diz virologista

À CNN, Mauricio Lacerda Nogueira disse que a discussão de uma dose de reforço para jovens, por exemplo, é ‘um desserviço’

Campanhas de vacinação contra a Covid-19 não deveria focar na dose extra agora, argumentam pesquisadores
Campanhas de vacinação contra a Covid-19 não deveria focar na dose extra agora, argumentam pesquisadores Freepik

Amanda GarciaBel Camposda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN nesta terça-feira (14), o virologista Mauricio Lacerda Nogueira defendeu que este não é o momento de se aplicar uma terceira dose da vacina contra a Covid-19 – prática que cidades como São Paulo e Rio de Janeiro já adotaram.

Para ele, há risco de se entrar em um “círculo vicioso”, caso não haja acesso global aos imunizantes. “Conforme a Organização Mundial da Saúde tem dito, temos que parar de discutir a terceira dose e partir para a vacinação em escala global.”

“Enquanto não vacinarmos o mundo inteiro, vamos ter o surgimento de novas variantes, e aí volta a discussão de mais uma dose e periga entrar em círculo vicioso eterno de vacinar sempre a mesma população”, completou.

Segundo o virologista, “no momento em que temos boa parte da população mundial sem vacina, discutir terceira dose para jovens, por exemplo, é um desserviço à saúde pública.”

Variante Delta

Para o virologista, o avanço da variante Delta no Brasil tem que ser observado. No entanto, ele destaca um ponto importante: “Temos que levar em consideração que a variante Delta chega quando a taxa de cobertura vacinal está bem maior do que em outros países.”

“Nos EUA, a variante Delta causa um aumento de casos no Sul, principalmente, onde entra em população não-vacinada e, aí sim, tem causado mortalidade importante”, exemplificou.

Mais Recentes da CNN