Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bharat Biotech lança vacina intranasal contra a Covid-19

    Vacina foi formulada para permitir a administração pelo nariz através de gotas, sem a utilização de agulhas

    Bharat Biotech lança a vacina Incovacc
    Bharat Biotech lança a vacina Incovacc Reprodução/Twitter

    Lucas RochaLourival Sant'Annada CNN

    em São Paulo

    A farmacêutica indiana Bharat Biotech, fabricante da Covaxin, lançou nesta quinta-feira (26) uma vacina de aplicação intranasal contra a Covid-19.

    Chamado Incovacc, o imunizante foi desenvolvido para série primária e reforço heterólogo. Segundo o laboratório, a vacina é a primeira de aplicação nasal com esse regime vacinal e recebeu aprovação da Central Drugs Standard Control Organization (CDSCO).

    A Incovacc está disponível pela iniciativa de vacinação indiana CoWIN. O valor de mercado privado por dose é de cerca de R$ 50 e de aproximadamente R$ 20 para suprimentos para o governo da Índia e governos estaduais.

    Como funciona o imunizante

    A Incovacc utiliza um adenovírus incapaz de se replicar como vetor de uma proteína Spike do coronavírus estabilizada. Segundo a empresa, a vacina foi avaliada em ensaios clínicos de fases I, II e III com resultados bem-sucedidos.

    A vacina foi formulada para permitir a administração pelo nariz através de gotas, sem a utilização de agulhas. O sistema de aplicação nasal foi projetado e desenvolvido para ser econômico em países de baixa e média renda.

    Segundo a Bharat Biotech, o lançamento deve começar por hospitais privados que fizeram pedidos antecipados. A capacidade inicial de fabricação de milhões de doses por ano foi estabelecida, podendo ser ampliada para um bilhão de doses, conforme necessário.

    Estudos

    Os ensaios de Fase III (como um regime de 2 doses), que permitem avaliar a segurança e a capacidade de indução da resposta imunológica, foram conduzidos em aproximadamente 3.100 indivíduos, em 14 locais de ensaio em toda a Índia.

    Estudos de dose de reforço heteróloga, que consiste em esquema vacinal com imunizantes diferentes, foram conduzidos em cerca de 875 pessoas, com a vacina intranasal administrada naqueles que completaram anteriormente um regime das vacinas contra a Covid-19 comuns, de injeção intramuscular. Os testes foram conduzidos em nove locais no país.

    Voluntários que receberam a Incovacc demonstraram níveis significativos de anticorpos do tipo IgA, presentes na mucosa nasal e medidos na saliva. Os anticorpos IgA da mucosa no trato respiratório superior podem fornecer benefícios na redução de infecções e transmissão da doença.

    A vacina intranasal pode ser armazenada a uma temperatura de 2 a 8°C, projetada para distribuição eficiente e fácil administração sem dor. O imunizante foi desenvolvido em parceria com a Washington University, St. Louis, que projetou e desenvolveu o desenho de vetor adenoviral recombinante e avaliou a eficácia em estudos pré-clínicos.

    Foram conduzidos pela Bharat Biotech a avaliação da segurança pré-clínica, a ampliação da produção em larga escala, formulação e desenvolvimento de dispositivos de entrega, incluindo ensaios clínicos em humanos.

    “Hoje, a Índia contribui com 65% da necessidade mundial de vacinas, salvando vidas de crianças, adolescentes e adultos. Também é ótimo observar que, no diálogo global, as capacidades de fabricação, pesquisa e inovação da Índia são admiradas. A Índia não será apenas conhecida como a farmácia do mundo, mas será conhecida por sua pesquisa e inovação em vacinas”, afirmou o ministro da Saúde da Índia, Mansukh Mandaviya.

    “A Bharat Biotech e o departamento de ciência e tecnologia são colaboradores naturais e devemos essa inovação de vacina ao mundo. A Índia assumiu a liderança na inovação de vacinas, pois temos um legado de lidar com doenças transmissíveis”, disse Jitendra Singh, ministro de Ciência e Tecnologia.