BioNTech espera que efeito da vacina contra Covid-19 dure ao menos um ano

Empresa alemã é parceira da Pfizer no desenvolvimento de potencial imunizante contra o novo coronavírus

Ilustração da potencial vacina contra Covid-19 da farmacêutica Pfizer
Ilustração da potencial vacina contra Covid-19 da farmacêutica Pfizer Foto: Dado Ruvic/Reuters (30.out.2020)

Reuters

Ouvir notícia

O co-fundador e presidente-executivo da BioNTech disse estar otimista de que o efeito de proteção da vacina experimental contra Covid-19 da empresa, desenvolvida em conjunto com a Pfizer, durará pelo menos um ano.

Mais cedo nesta segunda-feira (9), as duas empresas se tornaram as primeiras farmacêuticas a divulgarem resultados bem-sucedidos de testes, afirmando que sua potencial vacina mostrou ter mais de 90% de eficácia, em uma grande vitória na luta contra a pandemia.

Leia também:

Pfizer afirma que vacina contra Covid-19 tem 90% de eficácia

‘Todas as apostas necessárias serão feitas’, diz Saúde sobre vacina da Pfizer

“Devemos ser mais otimistas de que o efeito imunizante vai durar pelo menos um ano”, disse o presidente-executivo Ugur Sahin à agência de notícias Reuters.

Embora ainda não se saiba por quanto durará a proteção, pesquisas em pacientes recuperados e resultados anteriores dos testes com a vacina o levam a acreditar que a proteção não será de curto prazo.

Mais Recentes da CNN