Brasil registra 1.657 mortes por Covid-19 e mais 42.980 casos da doença em 24 h

No total, 373.335 pessoas morreram no país em decorrência da doença causada pela Covid-19, de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde

Enterro de vítima da Covid-19 no cemitério da Vila Formosa, em São Paulo
Enterro de vítima da Covid-19 no cemitério da Vila Formosa, em São Paulo Foto: Carla Carniel/Reuters (17.mar.2021)

Gregory Prudenciano, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O Brasil registrou 1.657 mortes por Covid-19 e mais 42.980 casos da doença nas últimas 24 horas, de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgados neste domingo (18). 

Com os novos números, a média-móvel de sete dias das vítimas fatais da Covid-19 ficou em 2.885, uma queda ante a mesma métrica até sábado (17), que ficou em 2.906 óbitos. No total, o Brasil já registrou 13.943.071 casos e 373.335 mortes pela doença. 

Casos de Covid-19 caem 80% entre idosos que vivem em asilos no Rio

Com mais de 7 mil idosos institucionalizados já totalmente imunizados contra a Covid-19, a cidade do Rio de Janeiro identificou uma queda de 80% nos casos da doença em idosos que vivem em instituições de longa permanência. 

Em janeiro, foram 41 casos identificados neste grupo, número que caiu para apenas oito no mês de março. 

Doença continua crescendo entre os mais jovens

De acordo com dados do Observatório Covid-19 da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), há uma tendência de rejuvenescimento entre os pacientes com Covid-19 que demandam hospitalização. 

Também cresce a taxa de hospitalização entre pacientes sem comorbidades.

Enquanto o aumento global da taxa de hospitalização foi de 701,58%, a taxa entre pessoas de 30 a 39 anos subiu 1.218,33%, e entre pacientes de 40 a 49 anos avançou 1.217,95%.

A comparação é entre a semana epidemiológica 1 (de 3 a 9 de janeiro de 2021) e a semana epidemiológica 12 (de 21 a 27 de março). 

Mais Recentes da CNN